OS COMPANHEIROS DO MESTRE





Os Companheiros: assim hoje são chamados os quatro seguidores que, junto com Mestre Irineu, formam a base doutrinária do Santo Daime.

Germano Guilherme: se juntou ao Mestre em 1928 e recebeu o Hinário “Vóis Sois Baliza”.
João Pereira: se juntou ao Mestre em 1931 e recebeu o Hinário “Seis de Janeiro”.
Maria Damião: se juntou ao Mestre em 1931 e recebeu o Hinário “O Mensageiro”.
Antônio Gomes: se juntou ao mestre em 1938 e recebeu o Hinário “O Amor Divino”.

Foi através do reconhecimento de sua missão que Irineu Serra passou a ser chamado por estes seguidores, e referido em muitos de seus hinos, como Mestre. Estes hinários também são a representação fiel da doutrina do Santo Daime e seus ensinos uma prova da lealdade, clareza e do amor dedicados a Irineu Serra e ao mundo espiritual, sendo por ele denominados, junto com o “O Cruzeiro”, como sendo os hinários oficiais: a base doutrinária do Santo Daime. Devemos porém ressaltar que, Irineu Serra, desde seus primeiros passos na terra, foi acompanhado tanto na matéria quanto no reino da divindade, dando testemunho da importância da missão que por ele seria plantada no coração do Brasil, a floresta amazônica.

Joana Assunção Serra - sua mãe - nos deu esta luz em forma de menino, que foi dado o nome de Raimundo Irineu Serra; crescido e educado em berço devoto, na Cidade de São Vicente do Férrer. Lá ele cresceu, trabalhou, se educou e contou com os ensinos de sua professora espiritual, chamada Clara, que mais tarde viria a ser reconhecida como a Virgem da Conceição. Foi também em sua cidade natal que Mestre Irineu contou com os conselhos de seu tio, Paulo Serra, este de fundamental importância em sua ida, ainda jovem, para o Acre, onde se reencontrou com seus primos e conterrâneos Antônio e André Costa - os responsáveis por lhe apresentar a bebida sacramental Ayahuasca.

Depois vieram os primeiros seguidores, presentes na abertura dos trabalhos espirituais da missão que mais tarde seria chamada de Santo Daime, nos dando prova e testemunho de fé, amor e lealdade, legado nos entregue através dos hinos, depoimentos e história - junto com o nosso Mestre, os pilares fundamentais da doutrina.

Os “companheiros” do Mestre foram muitos, e, na medida do possível, citaremos aqueles que nos são conhecidos. É importante mencionar que as contribuições serão muito bem vindas em texto, foto ou vídeo, a respeito de todos aqueles que de alguma forma contribuíram a formar este jardim tão formoso.

Aqueles que lutaram lado a lado para carregar a missão de Irineu Serra, através dos anos, desde o nascimento da doutrina até os dias atuais. Na medida do possível, serão separados por época / período.


                                                                                                                         fonte : A Família Juramidam









Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário