O Justiceiro



1. Eu estava num palácio

Eu estava num palácio
Da soberania
Quando vi chegar meu Mestre
Com a Sempre Virgem Maria

Meu Mestre me falou
Com amor no coração
É para ser seu filho
E amar os seus irmãos

E para ser irmão
É preciso ter amor
Amar a Virgem Mãe
E ao nosso Pai Protetor

E para ter amor
É preciso ser irmão
Amar ao Pai Eterno
E a Virgem da Conceição


2. Estou aqui

Eu estou aqui
Que o Mestre me mandou
Eu vou citar o nome
O Mestre é Juramidam

O Mestre manda
Eu cantar com os meus irmãos
Para louvar ao Pai Eterno
E a Virgem da Conceição

O Mestre tem
O amor no coração
Ele ama ao Pai Eterno
E também os seus irmãos

Oh meu Jesus Cristo
Vós que tem todo poder
Tirai-me destas trevas
Quem não enxerga não vê

Meu Senhor Jesus
Que é da soberaniaFilho da Senhora Mãe
A Sempre Virgem Maria

Minha Senhora Mãe
Senhora da Conceição
Guiai-me neste mundo
Livrai-me da tentação


3. Firmeza

Firmeza, firmeza no amor
Firmeza, firmeza aonde estou
Eu estou firme com meu Jesus
Eu estou firme nesta luz
Aonde estou

Firmeza, firmeza no amor
Firmeza, firmeza aonde estou
O Mestre manda eu trabalhar
O Mestre manda eu me firmar
No lugar onde Ele está


4. Eu Estou Firme Com Meu Jesus

Eu estou firme com meu Jesus
Foi Ele quem me deu
Esta Santa Luz

Esta luz é da Virgem da Conceição
Foi Ela quem mandou
Eu me unir com os meus irmãos

Foi Ela quem mandou
Eu me unir com os meus irmãos
Para a reunião da separação

Neste dia muita gente vai chorar
Porque tem muitos deles
Que não sabem amar


5. Eu Vivo Neste Mundo

Eu vivo neste mundo
Enquanto chega meu diz
Encostado a meu Mestre
E a Sempre Virgem Maria

Meu Mestre é quem me guia
Meu Mestre é quem me ensina
Foi Ele quem me deu
Esta Santa Doutrina

Foi Ele quem me deu
Foi Ele quem me mandou
Cantar com os meus irmãos
Ensinar e ter amor

Para ter o amor
E sentir no coração
Rogar ao Pai Eterno
Para receber o meu perdão

Para ter o perdão
E trabalhar com amor
Prestar bem atenção
Os ensinos do professor


6. Eu Vivo Na Floresta

Eu vivo na floresta
Eu tenho os meus ensinos
Eu não me chamo Daime
Eu sou é um ser divino

Eu sou um ser divino
Eu venho aqui para te ensinar
Quanto mais puxar por mim
Mais eu tenho que te dar

Muito eu tenho que te dar
E também tenho para te dizer
Quem tem dois olhos enxerga
Mas os cegos também vêem

Os ensinos da Rainha
Todos eles são divinal
Eles são das cortinas
Lá do alto do astral

Eu te entrego estes ensinos
Como que seja uma flor
Gravai bem no teu peito
Este tão grande amor

Este tão grande amor
É para todos os meus irmãos
Os ensinos da Rainha
E do Mestre Juramidam

Meus amigos e meus irmãos
Todos vão gostar de ver
Que aqui neste salão
Tem muito que se aprender

Aquele que não aprender
É porque não presta atenção
Muito terá que sofrer
Aqui na reunião

O Mestre e a Rainha
Eles têm um grande amor
Eles estão fazendo paz
Como Cristo Redentor

Jesus Cristo veio ao mundo
E sofreu até morrer
Mas deixou os seus ensinos
Para quem quiser aprender


7. Princesa Janaína

Jesus Cristo está no céu
Está na terra, está no mar
A Princesa Janaína
Ela veio para me ensinar

Os ensinos da princesa
Todos eles têm valor
Vamos louvar ao Pai Eterno
E a Jesus Cristo Redentor

Jesus Cristo foi o maior Rei
Que neste mundo habitou
Jesus Cristo está em mim
Ele é meu protetor

Jesus Cristo Filho de Deus
Ele é bom curador
Ele cura todo mundo
Que souber dar o seu valor

Estou aqui neste salão
Eu vim aqui para me curar
Peço força ao Pai Eterno
Ele é quem tem para nos dar

A Princesa Janaína
Ela tem todo valor
Ela ama ao Pai Eterno
E a Jesus Cristo Salvador


8. Eu estava num deserto

Eu estava num deserto
Ouvi uma voz me falar
O Mestre está no salão
Ele mandou te chamar

Pus os pés no caminho
Sem demora eu fui lá
Quando eu cheguei no salão
Eu avistei a iluminaria

O Mestre me falou
Com amor e com carinho
Eu mandei te chamar
Para te ensinar o caminho

Tu sois uma estrela
E é preciso trabalhar
Que a estrela que não brilha
Ela não pode iluminar

Eu estou arrependido
E ao Pai peço perdão
Dai-me força e dai-me luz
Oh Virgem da Conceição

O Mestre me chamou
Para eu lhe acompanhar
Quando chegamos em viagem
Ele veio me perguntar

Ele me perguntou
Eu então lhe respondi
Que eu fazia tudo isso
Era porque eu não sabia

O quê que não sabia
Fazia porque queria
Eu prometo a meu Mestre
Não fazer mais o que eu fazia

Agora vou trabalhar
Com amor no coração
Fazer o que o Mestre manda
Eu Vou amar os meus irmãos


9. O povo estão rebeldes

O povo estão rebeldes
Que não querem acreditar
Meus irmãos e minhas irmãs
Estou aqui para aconselhar

Vá à casa do meu Mestre
Que lá tem o que te dar
Te dá força, te dá saúde
Te dá o que precisar

Vou tomar o teu conselho
E na estrada eu já me vou
Fui chegando e fui pedindo
Padrinho me cure esta dor

Fui chegando e fui pedindo
Na estrada do astral
Encontrei com a Rainha
Na vida espiritual

Eu queixei-me a minha Mãe
Eu me acho tão doente
As portas estão abertas
Para curar os inocentes

A Rainha me pegou
E me tirou da solidão
Todos que fizerem assim
Vem ficar no meu salão


10. A Barquinha

A barquinha vem seguindo
Vem na minha direção
O povo que eu vejo nela
É da Virgem da Conceição

A Rainha nos mandou
Para todos nós louvar
E louvar o filho dela
No dia que Ele chegar

Vou seguindo, vou seguindo
Vou na mesma embarcação
Vou seguir com a Rainha
E o Império Juramidam

Vou subindo, eu vou subindo
Até aonde eu posso ir
Encontrar com Jesus Cristo
Que é a flor deste jardim

Sinto dor, eu sinto dor
Tenho prazer no coração
De me achar reunido
Aqui com os meus irmãos

O Mestre manda se bailar
Aqui neste salão
E trabalhar com firmeza
Firmeza no coração

O Mestre nos ensina
Para todos aprender
No dia da audiência
É que vão nos gostar de ver

Aquele que aqui vier
E não prestar atenção
Terá muito que sofrer
Na Sua Separação


11. Eu vinha de viagem

Eu vinha de viagem
Vi uma estrela brilhando
Eram os olhos da Rainha
Que estavam me olhando

Há muito tempo eu dormia
Não podia me acordar
Acordei porque sonhei
Com uma voz a me chamar

Acordei muito assustado
Por estar dentro de um salão
Mas estava encostado
À Virgem da Conceição

O salão era dourado
Cheio de rosas e flores
Agora fiquei sabendo
Que o Mestre tem amor

Todos querem ser feliz
Sem querer dar o que tem
Eu também dou o que é meu
Àqueles que me convêm

Estamos todos reunidos
Aqui dentro do poder
Encostado ao nosso Mestre
Que não deixa esmorecer

Estamos dentro da verdade
Para todos nós seguir
Encostado ao nosso Mestre
Que não nos deixa cair

Estamos todos nesta luz
A luz que Deus tanto amou
Somos todos batizados
Por Cristo Nosso Senhor

Estamos recebendo as ordens
Esta é nossa missão
O Mestre manda trabalhar
Com amor no coração


12. Todos estão cientes

Todos já estão cientes
Do que vai acontecer
É pisar firme no chão
E não queiram esmorecer

É pisar firme no chão
Com carinho e com amor
Acompanhar o nosso Mestre
Ele é quem ensina o caminho

Este caminho é divino
É para todos nós andar
E para todos seguir nele
É preciso se limpar

Quem é limpo chega limpo
Quem é sujo não vai lá
Que Para entrar no salão celeste
É preciso trabalhar


13. Procurando um general

O mestre levanta o braço
No meio dos seus irmãos
Procurando um general
Para comandar seu batalhão

O meu exército tem força
Tem força e tem poder
Eu entrego ao Pai Divino
Ele é quem vem escolher

A Virgem Mãe quem me mandou
E me deu este poder
Para ensinar os meus irmãos
Aqueles que obedecerem

Eu já me acho tão cansado
Não posso mais comandar
Preparei meus generais
Eles vão me ajudar


14. Sigam, sigam meus irmãos

Sigam, sigam meus irmãos
E não queiram esmorecer
Vamos acompanhar o Mestre
Ele quer nos proteger

Sigam, sigam meus irmãos
Com amor e alegria
Que a dona desta casa
É a Sempre Virgem Maria

Nosso Mestre nos procura
Com amor e com carinho
A melhor coisa do mundo
É possuir um padrinho

Eu amo o meu padrinho
Com amor no coração
Porque ele é quem me ensina
Eu amar os meus irmãos


15. Eu estava tão alegre

Eu estava tão alegre
De repente entristeci
Eu conto a meu Mestre
Eu não sei como eu caí

Eu sei como acordei
Eu estava tão além
Procurei não encontrei
Mas me lembrei de alguém

Eu me lembrei de alguém
Com amor no coração
Quando eu levantei a vista
Eu avistei Juramidam

O Mestre me chamou
Para um conselho Ele me dar
Para não temer os castigos
Que Deus tem para nos dar

Eu te entrego estas prendas
Porque devo te entregar
É não temer o perigo
E você vem aqui cantar


16. Eu subi meu pensamento

Eu subi meu pensamento
Dentro de um grande jardim
Levantei a minha voz
Oh minha Mãe, rogai por mim

Eu limpei a mentalidade
Vi uma roda girando
Dentro desta grande luz
Meu Pai está me olhando

Oh meu Pai que está no céu
Este poder Ele nos dá
Ele nos deu este grande Mestre
Aqui na terra para nos ensinar

Vamos seguir meus irmãos
Não devemos demorar
Ouça o estrondo da terra
E o gemido do mar

Eu olhando para o céu
Vi uma estrela correndo
Ela veio me arrodeando
Eu Senti meu corpo esmorecendo


17. Eu tenho uma medalha

Eu tenho uma medalha
Que é a roda do mundo
Nela existe um cordão
Que tem um segredo profundo

Dentro dela existe
Grande sabedoria
Nela existe uma igreja
Que o Mestre me dizia

O Mestre que existe nela
Este segredo ele vai destrinchar
Vai dar a mão aos seus irmãos
Deus é quem vem ensinar

Eu sou o Deus de amor
Eu sou Deus de caridade
Quem não souber compreender
Não diga que não é verdade

Estou aqui nos teus pés
Estou na tua cabeça
Estou aqui no teus braços
Estou na tua mão esquerda

Eu mexo no teu estômago
Mexo no teu coração
Mexi na copa do mundo
Aonde está meu irmão

Eu vivo aqui neste mundo
É para me iluminar
Dando glória a meu Pai
E a todos que procurar

Muitos vêm a meus pés
Suas queixas vêm me citar
Não sabem a altura que estou
Não querem me respeitar

Todos têm seus poderes
Mas o valor não sabem dar
Vivem zombando no mundo
Não querem a vida espiritual


18. A minha Mãe é bela

A minha Mãe é bela
E tem muito que mostrar
Ela mostra para todos
Aqueles que procurar

Aqui dentro desta luz
Tem tudo que procurar
Eu vi meu Pai na rede
E eu fui lhe balançar

A minha Mãe é tão pura
É pura de coração
Ela se chama Virgem
Maria da Conceição

Aqui dentro desta luz
Numa grande miração
Eu procurei encontrar
O Mestre Juramidam

Acorda quem está dormindo
Que ninguém pode dormir
Que os hinos são sagrados
é para todos nós ouvir


19. Meu Rei Salomão

Meu Rei Salomão
Meu Rei São Vicente
Aqui neste salão
Se encontra os inocentes

A lua não me disse
Mas mandou me dizer
Que a força que existe nela
É este mesmo poder

Meus irmãos o Mestre me disse
E mandou eu vir dizer
Vamos trabalhar com amor
Para esta batalha vencer

O povo estão rebeldes
Que não querem me ouvir
O castigo do céu vem
Para quem não quiser seguir

O Mestre está aqui
Ele é da soberania
Na frente está meu Pai
E a Sempre Virgem Maria


20. Eu sou o Rei Senhor

Eu sou o Rei Senhor
Eu sou o Rei de Amor
Eu vim aqui neste mundo
Que o meu Pai me mandou

Eu sou o Rei Senhor
Eu sou o Rei de amor
Eu vim para salvar o povo
Neste mundo pecador

Do meu sangue eu fiz o vinho
Do meu corpo eu fiz o pão
A minha Mãe entregou todos
Ao meu Juramidam

Quem quiser seguir comigo
Me preste bem atenção
Para andar neste caminho
E amar os meus irmãos


21. O que é que você vai fazer

O que é que você vai fazer?
Escute o que eu vou lhe dizer
Se você não tem luz
Procure compreender

Depois que compreender
É que vai se iluminar
Não tem sol , não tem lua
O meu brilho é divinal

Se você não tem luz
Eu não sei aonde está
Procure o meu Jesus
Que ele veio para nos salvar

Ninguém queira ser grande
É preciso se humilhar
Se faça pequenininho
Para entrar no celestial


22. Quando Tu Estiver Doente

Quando tu estiver doente
Que o Daime for tomar
Te lembra do ser divino
Que tu chamou para te curar

Te lembrando do ser divino
O universo estremeceu
A floresta se embalou
Porque tudo aqui é meu

Eu já te entreguei
Agora vou realizar
Se fizeres como eu te mando
Nunca hás de fracassar

Tu já viste o meu brilho
E já sabes quem eu sou
Agora eu te convido
Para ires aonde estou


23. O Pai Eterno me mandou

O Pai Eterno me mandou
Para uma casa eu vir fazer
E colher os meus irmãos
Aqueles que me obedecer

Eu cheguei num palácio
Vi o palácio a brilhar
Meu mestre na minha frente
Ele estava a me ensinar

Eu vi as portas se abrirem
E minha Mãe a caminhar
Louvando a seus filhos
Aqueles que lhe procurar

Oh minha Mãe a vós eu peço
Com carinho e com amor
Que me mostre o caminho
Que eu não sei para onde vou

Minha Mãe a vós eu peço
Me bote a Santa Benção
Eu amo a vós no céu
E ao meu Juramidm

Todos seres me acompanham
Com amor e alegria
Me alegra o coração
E a Sempre Virgem Maria


24. Vamos meus irmãos

Vamos meus irmãos
Vamos todos se humilhar
Que o dia da minha Mãe
É preciso festejar

Eu agradeço a meu Mestre
Porque tem o que me ensinar
me mostra tanta beleza
Que neste mundo não há

Eu agradeço a meu Mestre
E ao meu Papai também
De eu ver tanta riqueza
Primor é só aonde tem

A minha Mãe é tão formosa
Entre todas as mulheres
Ela pisa tão macio
E leva a gente aonde quer

O Mestre me disse
Que faltava uma quantia
Para me mostrar os primores
Conforme eu merecia



26. Flor do Mundo

Para onde vais Flor do Mundo?
Tu vais eu também vou
Eu sou o Rei Soberano
Eu Sou teu Mestre ensinador

Eu vim aqui para te ensinar
Com toda perfeição
Eu te ensino é com amor
E tu ensinas aos meus irmãos

Meu Jesus Crucificado
Filho da Virgem Maria
A vossa luz me alumia
E vós seja o meu guia


27. O Mestre me chamou

O Mestre me chamou
Para com Ele eu seguir
Se eu acompanhar-lhe com amor
Ele me mostra o caminho

Procurei o meu Jesus
No alto azul do céu
Falei com a Rainha
E saudei Santa Isabel

A Virgem Mãe, Mãe de Jesus
Santa Isabel, Mãe de São João
Eu peço ao Pai Eterno
Que me dê o meu perdão

A minha Mãe é tão formosa
E boazinha como é
Eu amo ao meu Jesus
E o Patriarca São José


28. Sou eu

Sou eu, sou eu, sou eu
E eu posso afirmar
O Mestre me chamou
Para eu me declarar

Vamos todos meus irmãos
Compreender o ABC
Que muitos são os que olham
E poucos são os que vêem

A minha Mãe é tão formosa
E mandou eu declarar
Que o Mestre está em mim
E é preciso eu me calar

Meus irmãos vou ensinar
Como se lê o ABC
Muitos vão assoletrar
E não sabem compreender

Meus irmÃos vou lhes dizer
Para todos aprenderem
Que debaixo da minha ordem
É que eu agora quero ver

Sou eu, sou eu, sou eu
O Mestre me afirmou
Olha o relho na minha mão
Aonde está o chiquerador

Meus irmãos venho avisando
Para todos compreender
no dia da audiência
É que vão gostar de ver

Agora vou declarar
Como foi que se passou
No Rio de Jordão
O batizado se traçou

A minha Mãe é tão formosa
E do meu Mestre também é
Ele é filho de Maria
E eu sou filho de Isabel

Meus irmãos já declarei
Não tem mais o que dizer
Quem quiser que o procure
Para poder compreender


29. Minha Mãe me levou nas alturas

A minha Mãe me levou nas alturas
Para mim receber meu galardão
Depois me trouxe cá na baixeza
Para mim receber o meu perdão

As minhas culpas eu confessoa Deus
E ao meu Juramidam
Ajoelhado a seus pés
Para receber o Santo Perdão

Meu Pai e minha Mãe
De vossos filhos tenha compaixão
Eu amo a vós no céu
E ao meu Juramidam

Eu apresento este hino
Com toda satisfação
Perante a Deus no Céu
E ao meu Juramidam


30. Todos são filhos de Deus

Todos são filhos de Deus
Nenhum é desamparado
Pelo nosso Protetor
Todos são abençoados

Nosso chefe é o nosso Mestre
Ele veio nos avisar
Que os tempos estão chegados
E é preciso acordar

Os anjinhos do céu cantam
Eu também venho cantando
E o som da guitarra
É quem vem me acompanhando

Eu fiz essa viagem
Que era preciso fazer
Fui buscar as coisas boas
Para vir te oferecer

Deus no céu e Deus na terra
O Mestre é o nosso guia
Ele é o Filho Eterno
Da Sempre Virgem Maria


31. Meu nome anda no mundo

Meu Divino Pai Eterno
Vós me deu este poder
A Sempre Virgem Maria
É quem me faz resplandecer

Eu estou na minha casa
Fazendo oração
O meu nome anda no mundo
Eu Sou chefe desta missão

Quem quiser falar comigo
Estou sempre a esperar
Que o tempo está passando
E não devem demorar


32. Aqui estou dizendo

Aqui estou dizendo
Para todos me ouvir
Sou o Pão Maravilhoso
Que me transformei em vinho

Aqui fui escolhido
Dentro deste salão
Para fazer um juramento
E assinar declaração

Meu Senhor São João
Meu Senhor São José
Senhor São Zacarias
Senhora Santa Isabel

Fiz o meu juramento
A uma mesa fiquei de pé
Confessei os meus pecados
A meu bom Jesus de Nazaré


33. Meu Mestre a vós eu peço

Meu Mestre a vós eu peço
Pelo nome de Jesus
Perdoai as minhas culpas
E me dê a Santa Luz

Deus está no céu
Para nos favorecer
Crescei e multiplicai
A sua Santa Mercê

Meu Mestre a vós eu peço
Livrai-me da ilusão
Deus está contigo
E te dará a mão

Meu Mestre eu vos pedi
Agora vou dizer
Que o vosso brilho no astral
Nem todos podem ver

O vosso brilho no astral
E o vosso amor divino
É quem me dá a Santa Luz
E me traz estes ensinos


34. É mais uma rosa

É mais uma rosa
É uma maravilha
Foi mais um sofrimento
Que eu passei na minha vida

Eu vou te pedir
Sei aonde está
Eu peço a meu Padrinho
Que me dê um bem-estar

Eu já te mostrei
Com toda satisfação
Agora estás sabendo
Que é irmão de Juramidam

Eu já te mostrei
Sabes como é
Mas fica duvidando
E só apanha porque quer

Eu já te mostrei
vou te amostrar
Vejas que a minha Mãe
Foi quem mandou eu ensinar

Eu me apresentei
Sabes quem eu sou
Eu me apresentei
Foi com prazer e com amor

Eu já te avisei
Vou te avisar
Se contares o que eu te digo
Estejas pronto para apanhar


35. Meus irmãos que estão aqui

Meus irmãos que estão aqui
A todos eu peço um favor
Quem quiser seguir comigo
Tem que ficar como eu sou

Vejas como eu sou humilde
E sou bonzinho de coração
Eu falo com todos vós
E a todos eu presto atenção

Quem não seguir nesta linha
Não diga que é irmão
Que esta é a Doutrina
Da Virgem da Conceição

Aqui estou dizendo
Todos prestem atenção
Que a Doutrina do Salvador
Foi entregue a Juramidam

A disciplina que vós tendes
É para os merecedores
Que aborrecem os seus irmãos
E não sabem o que é o amor


36. A estrela do Oriente entre nós está brilhando

A estrela do Oriente
Entre nós está brilhando
É o Divino Pai Eterno
Que está nos ensinando

Nossa Mãe Maria Santíssima
Ela vive tão contente
Dentro do poder divino
Do nosso Pai Onipotente

Nosso Pai e nossa Mãe
Lá nas alturas aonde está
É o pão de cada dia
Na vida espiritual


37. Estou dentro da verdade

Estou dentro da verdade
E não posso negar
Junto com meu Jesus
Eu tenho que triunfar

Treme a terra e treme o mar
E tudo tem que balançar
Só não balança meu Jesus
E quem nele se firmar

Muitos querem ser sabidos
E o saber Deus é quem dá
Se não tiver conhecimento
Não pode se firmar

Meu Jesus lá nas alturas
Que tudo sabe e tudo vê
Quem não souber se firmar
Cuidado para não correr

O saber é muito bom
Melhor é se corrigir
Para contar a certeza
Deste Divino Poder

Nosso Pai e nossa Mãe
É quem nos dá a miração
Estou alegre e satisfeito
Junto aqui com meus irmãos


38. Meu Pai está no céu

Meu Pai está no céu
A terra foi quem me criou
Todos devem fazer sacrifício
E vão deixar onde encontrou

O povo estão rebeldes
Que não querem acreditar
Hoje dão gargalhadas
Depois é que vão chorar

Meu Pai estou na terra
No mundo da ilusão
A vós eu peço conforto
Para mim e os meus irmãos

Meu Pai estou na terra
No coração eu tenho amor
Eu amo aos meus irmãos
E a Jesus Cristo Redentor


39. Meu Mestre está comigo

Meu Mestre está comigo
No mundo de ilusão
Dou viva ao Pai Eterno
A Jesus Cristo e a São João

Aqui estou cantando
Prestando atenção
Dou viva a todos seres
E a Virgem da Conceição

O Mestre que me ensina
Está no meu coração
Trabalho com amor
Para receber a salvação

O brilho que vós tendes
É onde está o primor
Dou viva a nossa Mãe
Que é a Mãe do Salvador


40. Todos que falar do Mestre

Meu Pai e minha Mãe
E meu Mestre Ensinador
Todos que falar do Mestre
Entram no chiquerador

Meu Pai e minha Mãe
E meu Mestre Zelador
Meu Mestre é quem me leva
Nas alturas aonde estou

No pé deste Cruzeiro
Aonde está todo primor
Meu Mestre foi cravado
Neste mundo sofredor

Esta Estrela que me guia
Aonde está o meu amor
É a Estrela do Oriente
Jesus Cristo Redentor


41. Eu estou trabalhando

Eu estou trabalhando
Dentro da soberania
Reconheço que meu Mestre
É Filho da Virgem Maria

Ele planta é para colher
E tirar boa produção
Ele chama e se alegram
Mas esmorecem o coração

Aqui estou dizendo
Para todos compreender
Que dentro do poder divino
Ele tem força e tem poder


42. O Mestre vem chegando

O Mestre vem chegando
Vamos receber com alegria
Este é o filho
Da Sempre Virgem Maria

Ele vem balançando
E tudo Ele vai balançar
Para ver quem tem firmeza
Para poder trabalhar

A firmeza todos têm
Mas ninguém nunca ligou
Agora estão no relho
Foi meu Mestre quem mandou


43. Eu tenho harmonia

Eu tenho harmonia
O amor e a verdade
Eu tenho a justiça
Da Santíssima Trindade

O Mestre tem a força
Ele é quem me dá
Para todos conhecer
E saber respeitar


44. Meu Mestre me dá a força

Meu Mestre me dá a força
Meu Mestre me dá a luz
Meu Mestre me dá a vaga
Para escutar o que o povo fala

Meu Mestre me dá o amor
Meu Mestre me dá o carinho
E os que forem desobedientes
Vão entrando devagarinho


45. Aqui entram todos

Aqui entram todos
Entra o sujo e o rasgado
Na Casa do meu Pai
Só entram os limpos e sem pecado

É preciso apanhar
Apanhar para obedecer
Que culto sem castigo
Ninguém sabe o que vai fazer

Aqui é muito sério
Quem quiser que venha ver
Depois que estiver dentro
É que vai se arrepender

A força é do meu Pai
Ele bem vem avisando
Quem tiver os seus pecados
Agüente firme para ir se limpando


46. Eu me entreguei a meu Pai

Eu me entreguei a meu Pai
Me entreguei a meu Jesus
E ao meu Mestre aqui na terra
Que é o dono desta luz

Se todos assim fizessem
Se arrependerem dos seus pecados
O nosso Mestre está conosco
E o nosso Pai está ao nosso lado


47. Peço Força

Peço força, lá vem força
Deus do céu foi quem mandou
Jesus Cristo está comigo
Ele é meu protetor

Jesus Cristo está na terra
Ele é bom curador
Ele cura quem lhe procura
Pois Ele é o triunfador

Ele cura quem lhe procura
Conforme o seu merecer
Que nem todos estão nas graças
Para as curas receber


48. Eu vi na Lua Branca

Eu vi na Lua Branca
Um rosto superior
Dentro da grande luz
Meu Mestre se apresentou

Meu Mestre a vós eu peço
Vós como Rei Superior
Abrandai os corações
Deste povo pecador

Sempre eu peço aos meus irmãos
Para todos se converter
E andar neste caminho
Que meu Mestre tem poder


49. A febre do amor

A febre do amor
Meu Mestre já ensinou
Para ver quem tem firmeza
No nosso Pai Criador

A roda está girando
E o tempo vai se passando
É o tempo da apuração
Mas ninguém não está ligando

A roda do amor
Meu Mestre é quem está mandando
Os que forem lhe escutando
Nesta Casa vem chegando

Nó pé deste Cruzeiro
É onde está todo primor
É onde o Mestre sofreu
Mas Ele não reclamou

Vamos todos se humilhar
Que o Mestre está mandando
Quem não seguir com Ele
Neste mundo vai ficando


50. No pé da Santa Cruz

O Mestre está ensinando
Para todo mundo ver
No pé da Santa Cruz
Todos têm que vir gemer

Mataram o meu Jesus
Sem a menor precisão
Doeu na minha alma
E cortaram meu coração

Ainda estou lembrado
No Rio de Jordão
Chegou o meu Jesus
Para dar consagração

Ele se consagrou
Toda verdade afirmou
Fazendo os seus milagres
Muito pouco acreditou

Ainda estou lembrado
Do tempo que se passou
Para ensinar os meus irmãos
Que agora o tempo voltou


51. O Mestre está ensinando

O Mestre está ensinando
Ninguém procura compreender
Ele levanta outra bandeira
Com Novas Estrelas para todos ver

É o tempo de Juramidam
Chamar os seus irmãos
Ele chama e ninguém conhece
Que Jesus Cristo é o nosso irmão

Ele chama com prazer
E com amor no coração
Para entregar a sua luz
E muitos aborrecem pela ilusão


52. Minha Mãe está comigo

Minha Mãe está comigo
Meu Pai está a meu lado
O Mestre e a Rainha
Todo dia são louvados

Graças eu te dou
Jesus Cristo Redentor
Para nos mostrar a força
Do nosso Pai Criador


53. Eu brilho aqui

Eu brilho aqui, eu brilho ali
Eu brilho lá
Todos vão ver
O mundo balançar

Que as palavras
Do meu Pai não passam
Mas o povo
Estão a duvidar

Eles estão vendo
Mas fazem que não vê
Estou dizendo
E não querem me atender

Mas quando ver
A terra estremecer
Valei-me meu Pai Eterno
Já é tarde pra você


54. Pai Nosso

Pai Nosso que está no céu
Santificado é nosso Senhor
Aproveitando a ocasião
Meu Mestre é Rei superior

Oh minha Virgem Mãe
As suas lágrimas derramou
Aqueles que não amam
Vão sentir a mesma dor

Meu Mestre está comigo
Ele é Mestre ensinador
Junto com a Virgem Mãe
O nosso Pai foi quem mandou

Ninguém sabe o que diz
E nem sabem o que estão dizendo
Com o poder do nosso Pai
O relho agora está comendo


55. Para ser filho de Deus

Para ser filho de Deus
Deve ser obediente
Para poder chegar na Casa
Do nosso Pai Onipotente

Nosso Pai é o nosso Pai
Ele tem um grande amor
Ele me deu este Mestre
Ele é meu Salvador

O Mestre vai na frente
E eu vou lhe acompanhar
Perante a sua Mãe
Ele vai me apresentar

Sempre eu peço aos meus irmãos
Para o meu Mestre respeitar
Papai e Mamãe
É quem tem para os dar


56. Meu Mestre me ensina

Meu Mestre me ensina
Eu devo aprender
Trabalhar com firmeza
Para não ver o corpo sofrer

Venerando é meu Mestre
E ninguém quer conhecer
Tombar e balançar
Para todo mundo ver

Trabalho com respeito
Dentro da soberania
Meu Mestre é quem me ensina
Meu Mestre é o meu guia

Meu Mestre me dá força
A força Ele me dá
Ninguém não acredita
Depois vão acreditar

O Mestre nos ensina
Ninguém quer se condoer
A febre do amor
É difícil de compreender

Ele está nas alturas
E Ele aqui está
Curando e batizando
Todos que aqui chegar


57. Eu vim da minha armada

Eu vim da minha armada
E dentro desta casa estou
Trabalho com firmeza
Que meu Mestre me mandou

Com Ele eu tenho tudo
E Com Ele eu tenho prazer
Amostro a meus irmãos
Aqueles que merecer

O tempo não engana
Eu agora vou dizer
Muitos que estão zombando
É para depois ir sofrer

Que meu Mestre não engana
Ele aqui nunca enganou
Se alguém não aprendeu
Foi porque nunca ligou


58. Se arrependam

Aqui estou dizendo
Que meu Mestre me mandou
Se arrependam, se arrependam
Se arrependam, pecadores

Meu Mestre passou o tempo
E Tudo aqui Ele ensinou
Se arrependam, se arrependam
Se arrependam, pecadores

A força está comigo
Que meu Mestre me entregou
Se arrependam, se arrependam
Se arrependam, pecadores

Ele mandou eu dizer
Mas ninguém não acreditou
Fizeram como os judeus
No tempo de Nosso Senhor


59. Peguei a minha espada

Peguei na minha espada
Foi para guerrear
Eu tenho força eu tenho tudo
Que meu Mestre é quem me dá

Vejo tudo tremer
Vejo o povo zombar
Eu tenho força eu tenho tudo
Que meu Mestre é quem me dá

Entrei em conferência
No meio da multidão
Eu tenho força eu tenho tudo
Com meu Juramidam

Todos prestem atenção
No que eu vou dizer
Que as palavras que Ele disse
Tudo vai acontecer

Aqui estou dizendo
Para todos compreender
É andar direitinho
Para não ver o corpo sofrer


60. O Mestre está no trono

O que o Mestre me pede
Eu prometo e vou fazer
É castigar severamente
E ser fiel até morrer

O Mestre está no trono
Eu agora quero ver
Muitos que querem ser grande
Não é preciso esmorecer

Todos querem ser feliz
E mais feliz aqui estou
Trabalho com firmeza
Com meu Mestre Ensinador

A Estrela do Oriente
Os três Reis acompanhou
A presença de Jesus Cristo
É meu Mestre Ensinador


61. Quatro linhas e quatro letras

Quatro linhas e quatro letras
Eu aqui venho cantar
Para todos conhecer
E saber aonde está

É A, é B, é C
Eu aqui vou multiplicar
O Mestre ensinou
E não souberam aproveitar

Quatro linhas e quatro letras
É aqui aonde está
Muitos vão assoletrar
E não sabem destrinchar

Aqui é muito sério
E é preciso compreender
Que o Mestre está no trono
Para todo mundo ver

E para todo mundo ver
É preciso se humilhar
E ter o coração bem limpo
Para Deus lhe abraçar


62. Com Ele eu sempre canto

Com Ele eu sempre canto
PorEle eu sempre choro
Com Ele eu tenho tudo
Com Ele eu me recordo

Com Ele eu me recordo
Que tudo Ele me dá
Cuidado meus irmãos
Sob pena de apanhar

Eu vivo aqui na terra
Com prazer e alegria
Sou servo do meu Mestre
Sou filho da Rainha


63. Beija-Flor

É Beija, é Beija-Flor
Que minha Mãe me entregou
Para afastar as doenças
De quem for merecedor

Meu Mestre está comigo
Pois ele é meu amor
É no céu e na terra
Jesus Cristo Salvador

Oh meu Juramidam
Foi Ele quem me mandou
Para relembrar lembranças
Da salvação do amor

Meu Mestre está comigo
Mesmo aqui aonde estou
É a glória do meu Pai
Jesus Cristo Redentor

Eu digo tá, eu digo tá
Eu digo tá e aqui estou
Eu não me esqueço, eu só me lembro
Do meu Mestre Ensinador


64. B.G.

Aqui eu vou dizer
Aqui eu vou citar
Meu Mestre é minha luz
Meu Mestre aqui está

Meu Mestre me chamou
Lutou para me acordar
Acorda meu irmão
Para saber aonde está

Quando eu acordei
Dentro deste primor
Recebes a tua luz
A tua luz de amor

B.G. tu me chamou
B.G. tu me acordo
Porque tu te esquecestes
Do nosso Pai Criador


65. Prata Fina

Aqui eu vou lembrar
Tudo que já se passou
Meu Pai é Prata Fina
Onde vigora o amor

Muitos não acreditam
E pouco foi que acreditou
Mas ninguém não se esqueça
Do que Ele aqui citou

Ele se ausentou
Mas tem o mesmo poder
O povo não se humilha
E todos querem merecer

A verdade não se nega
Perante o meu Senhor
É o Filho de Deus
Ele é o Salvador


66. É no Sol e na Lua

É no Sol e na Lua
Que é preciso se firmar
Muitos que querem ser grande
Depois vão se admirar

A força está comigo
Porque meu Mestre comigo está
Muitos que estão zombando
É para depois ir chorar

O Mestre que nos ensina
É quem tem este poder
É preciso amar a Ele
Meus irmãos não vão correr

Aqui neste caminho
É onde está a salvação
Vamos andar direitinho
Vamos deixar de ingratidão


67. A chave do desengano

A chave do desengano
É para quem nunca ligou
Abri as suas portas
E você mesmo foi quem fechou

Não tem que reclamar
De tudo que aconteceu
Meu Mestre é a sua luz
E você fez foi aborrecer

Leve a sua chave
Para o dia que se lembrar
Se falar do meu Mestre
Esteja pronto para apanhar

Aqui eu garanto
Que sou um irmão leal
Eu não sou deste mundo
Eu sou do Reino Celestial


68. Todo mundo dorme

Todo mundo dorme
E vai ficar dormindo
Meu Mestre é rico
E Ele está sorrindo

Todo mundo chora
E é preciso chorar
Que o clamor é grande
Não querem se humilhar

A verdade é pura
E comigo está
Muitos estão vendo
não querem acreditar

Aqui eu digo
E eu vou provar
Para conhecer
E saber respeitar


69. Eu vim de longe

Eu vim de longe
e aqui estou
Estou firmado
com o Salvador

Meu Mestre é Rei
e eu vim firmar
Eu vou acabar
com os faladores

O mundo cresce
as numeridades
Quem muito fala,
perde a amizade

O que o Mestre manda
é para se fazer
Vão se corrigir
as suas falsidades

Um, um, um, um, um
Meu Mestre é minha Flor
Um, um, um, um, um
Meu Mestre aqui estou


70. Agora eu vou lembrar

Agora eu vou lembrar
O que ninguém se lembrou
O sangue do meu Mestre
Que na cruz Ele derramou

Meu Mestre veio ao mundo
Para ser mediador
Muitos não conheceram
E pouco foi que se humilhou

Lembranças do passado
Pois aqui Ele ensinou
Agora chegou o tempo
E se arrependam pecadores

Vamos meus irmãos
Com amor e alegria
Vamos todos se humilhar
Ao bom filho de Maria

O Mestre ensinou
Era assim que Ele queria
Mas não compreenderam
E só usaram rebeldia


71. Examine a Consciência

Examine a consciência
Examine direitinho
Sou Pai e não sou filho
Mas eu não faço assim

Chamo de um a um
A todos eu mostro o caminho
Fazendo como eu mando
Tudo fica bem facinho

Todos podem se lembrar
Do tempo de Noé
A doutrina do meu Pai
Eu ensino como é

Vamos meus irmãos
Vamos todos se humilhar
Pedir nosso perdão
Para o nosso Pai nos perdoar

Quem quiser que se aguente
Não tem a quem se queixar
Eu bem que avisei
Que havia de chegar


72. Meu Pai é Rei do mundo

Meu Pai é Rei do mundo
Não querem obedecer
Ele manda o castigo
Conforme merecer

Não querem se humilhar
Só se levam na ilusão
Não se lembram do meu Pai
O velho Juramidam

Meu Pai é Rei do Céu
Meu Pai é Rei do Mar
Meu Pai é Rei da Terra
E tudo Ele vem dominar

Ele manda eu lembrar
Lembranças do amor
São João e Jesus Cristo
Que neste mundo ensinou

Não queiram se exaltar
Dentro deste salão
Que o tempo está chegando
E cada um peça o perdão


73. Quando meu Mestre vier

Quando meu Mestre vier
Precisamos estar preparados
Para ver quem tem firmeza
Para receber a majestade

Ele manda eu dizer
Para não estar enganado
Que no dia da audiência
Vamos ver quem está a seu lado

Estou dentro deste salão
Não procuram me compreender
Estou firme, eu estou pronto
Para a meu Mestre eu receber

Muitos estão enganados
Só se levam na ilusão
Não sabem o que estão fazendo
Ainda falam em Juramidam

Bendito é e seja meu Mestre
E as suas palavras também
Todos que estiverem com Ele
Estes são filhos também

Falsidade não serve a ninguém
Foi somente o que Ele encontrou
Até mesmo na sua saída
Tudo aqui desmudou


74. Eu apresento a minha verdade

Eu apresento a minha verdade
Conforme eu recebi
A meu Pai e minha Mãe
Toda vida obedeci

Eu não faço sujeira
Para não me envergonhar
Perante a meus irmãos
A todos eles eu vou provar

É preciso tomar Daime
Para vir conhecer
Se meu Mestre é verdadeiro
Meu irmão ou se é você

Muitos querem ser grande
Aqui dentro do poder
Mas perante esta verdade
Meus irmãos vão esmorecer

Esta verdade é pura
Que meu Mestre me entregou
Para eu ensinar
Ter prazer e ter amor

Eu peço a meus irmãos
Para todos se calar
Cuidar da sua obrigação
Para não vir se envergonhar


75. Meus irmãos filhos de Deus

Meus irmãos filhos de Deus
O tempo vem nos apertar
Quem não quiser tomar Daime
Vai se retirar

Eu sou filho de Deus
E O meu Pai comigo está
Ele é o dono da verdade
E não querem lhe escutar

Aqui estou dizendo
Para meus irmãos ouvir
Quem não for filho de Deus
Vá saindo por ali


76. Eu balanço

Eu balanço, eu balanço
Eu balanço e vou balancear

Tenho verdade, tenho amor
Eu Tenho tudo
Para meus irmãos apresentar

Eu balanço, eu balanço
Eu balanço e vou balancear

Tenho meu Pai e minha Mãe
Eu tenho tudo
Quem quiser venha se apresentar

Eu balanço, eu balanço
Eu balanço e vou balancear

Eu apresento a verdade do meu Mestre
Só porque
Não souberam se humilhar

Eu balanço, eu balanço
Eu balanço e vou balancear

Esta balança é divina e aqui está
Não se orgulhe
E venha se humilhar

Eu balanço, eu balanço
Eu balanço e vou balancear

Eu sempre peço aos meus irmãos
Para não correr
Porque correndo está fora do poder

Eu balanço, eu balanço
Eu balanço e vou balancear

Esta verdade do meu Mestre
É tão pura
E Ele mesmo é quem vem apresentar


77. A verdade está comigo

A verdade está comigo
Quem quiser pode duvidar
Que o meu Mestre me entregou
Para eu disciplinar

Esta verdade é pura
E esta casa é minha
Eu sou filho do Rei
E minha Mãe é a Rainha

Eu estou lembrado
E ainda sinto a mesma dor
De Jesus Cristo e São João
Pela amargura que passou

A meu Pai peço conforto
Para ensinar aos meus irmãos
A doutrina do Salvador
Ninguém prestou atenção

Meu Mestre está comigo
E consagro este amor
Ele veio aqui neste mundo
Para salvar os pecadores

Ninguém está lembrado
Da grande redenção
Os carinhos que recebeu
Foi uma lança no coração

Chorava amorosamente
A Virgem da Conceição
Ainda hoje está com Ela
O Império Juramidam


78. Te lembras do teu Mestre

Te lembras do teu Mestre
Te lembras do amor
Te lembras da firmeza
E da palavra que jurou

Sai para o invisível
Anda no astral
Entra na Casa Santa
Do nosso Pai Universal

Segue o teu caminho
Deixa quem quiser falar
Que a força do teu Mestre
É quem te pode derribar

Não sabem o que estão dizendo
E Nem sabe o que diz
Eu estando com meu Mestre
Eu me acho mais feliz

Meu Mestre a vós eu peço
Pelo nome do Senhor
Aumentai a minha luz
Dai-me força e dai-me amor


79. Meu filho eu tem amo

Meu filho eu tem amo
Dentro do meu coração
Meu Pai eu te honro
Com meu joelho no chão

Meu filho eu sou o homem
Que outro homem não vê
Meu filho eu te mando
Vai cumprir o teu dever

Meu filho eu sou teu Pai
Que foi com quem tu falou
Recebes a tua luz
Para ter o teu valor

Cumpre o teu dever
Faz a tua obrigação
Não escutas a nem te importas
Com conversa de irmão

Recebes com amor
Com atenção e com carinho
Que estas são as flores
Que mando para o teu jardim


80. Entro na Casa Santa

Entro na Casa Santa
Do meu Pai verdadeiro
Eu vim para ajudar
Pois eu também sou herdeiro

Casa Santa é para todos
Mas todos não querem entrar
Vão ficar no desamparo
Para depois ir chorar

A força está comigo
Eu vou levando devagar
Vou pedindo e vou alcançando
Conforme meu Pai mandar

Peço força e recebo força
Meu Pai é quem me dá
Estou dizendo, estou amostrando
Mas não querem acreditar


81. Tábuas de Moisés

Meus irmãos eu vou lembrar
O que ninguém se lembrou
Meu Pai e minha Mãe
Tanto que recomendou

As Tábuas de Moisés
Que meu Pai entregou
Não ligaram importância
Não consagraram o amor

Me vejo contrariado
Com o povo brasileiro
Querem que o meu Pai faça
Como faz lá no estrangeiro

Não sei o que o povo pensa
Que de tudo se esqueceuAmam mais a ilusão
Do que meu Pai verdadeiro


82. Eu vim para ajuntar

Eu vim para ajuntar
O rebanho que toca a mim
Para ser filho de Deus
Não precisa ser ruim

Eu peço aos meus irmãos
Para todos se conformar
Que esta é a colheita
Do nosso Pai Universal

Meu Pai está comigo
Ele me chama atenção
Eu digo é porque sei
Jesus Cristo é o nosso irmão

O Mestre Juramidam
É Mestre de grande valor
Com Ele eu tenho tudo
Com Ele eu tenho amor

A Sempre Virgem Maria
E seu Filho Redentor
Ele é acolhedora
E Jesus Cristo é o Salvador


83. Vinda de setenta

Meus irmãos vou avisar
Que é para todos escutar
Cuidado, cuidado
Que sou um pouco acordado

Esta vinda de setenta
Já passou setenta e um
Cuidado meus irmãos
Um, um, um, um

Antes que assim aconteça
É melhor se retirar
Que aqui é muito sério
E é preciso respeitar


84. Meu Pai bem que me disse

Meu Pai bem que me disse
Eu pude acreditar
Ter firmeza e ter amor
É difícil de se encontrar

Todo mundo fala em Deus
Porque vê os outros falar
Aqui dentro da verdade
Veja Deus aonde está

Meu Pai é prata fina
Seu amor vai explandir
O povo não se conhece
Todo mundo é ruim

Meu Pai é puro amor
Ele quer todos assim
Quem não amar os outros
Está fora do caminho

Vamos meus irmãos
Vamos todos seguir
Para nós entrarmos com Ele
Em seu Trono de Marfim


85. Sou filho, sou filho

Sou filho, sou filho
Sou filho e tenho amor
Sou príncipe e não sou Rei
Só existe um Imperador

Meu Pai, meu Pai
És corda do meu coração
Tanto bem que tu fizeste
E só recebes é ingratidão

Sou filho, sou filho
Sou filho desta verdade
Amostro a meus irmãos
Que usam de falsidade


86. A Meu Pai Peço Firmeza

A meu Pai peço firmeza
E não saia da minha mente
Dou ensino a quem não sabe
E aconselho os inocentes

Meu Pai a ti eu peço
E não saio do meu lugar
Dai-me força e dai-me amor
Para eu poder trabalhar

Meu Pai a ti eu peço
E aos teus pés estou
Rogando pelo povo
Para ser merecedor

Oh! Minha Virgem Mãe
Oh! Virgem Protetora
És Rainha do mar
És minha professora

Oh! Meu bendito Pai
Oh! Meu Juramidam
Chama de um a um
Para receber o perdão

Se todos conhecessem
O poder que meu Pai tem
Deixavam a ilusão
Que é coisa que não convém

O mundo está em balanço
E tudo vai balançar
Mas nos pés do meu Pai
Todos tem que se curvar


87. O Valor Que O Mestre Tem

O valor que o Mestre tem
Eu vou esclarecer
Se tiver alguém que duvide
Tome Daime para ver

Meu Mestre veio ao mundo
Nasceu lá no estrangeiro
O valor que o Mestre tem
Não se compra com dinheiro

Meu Mestre é formoso
É preciso acreditar
Eu convido os meus irmãos
Vamos todos acompanhar

Meu Mestre a ti eu peço
Na minha concentração
Para vós me consolar
E consolar meus irmãos

Meu Mestre a ti eu peço
Faça de mim o que quiser
Meu Mestre estou aqui
E te prometo ser fiel


88. Eu Vivo Com Meu Mestre

Eu vivo com meu Mestre
Eu vivo com meus irmãos
Eu vivo na santa luz
Estou no pé da cruz com Juramidam

Eu peço a meu Pai
O que eu pedir Ele me dá
Os inimigos que vierem contra
Eu peço força para derribar

Oh! Minha Virgem Mãe
Oh! Virgem da Conceição
Eu peço a Jesus Cristo
Para dar força aqui na sessão

89. Levanto esta bandeira

Levanto esta bandeira
Porque assim meu Pai mandou
Todos que olharem pra Ela
Têm o mesmo valor

Bendito é meu Pai
É meu Mestre Ensinador
E a minha Virgem Mãe
Foi quem nos acompanhou

No braço deste Cruzeiro
Aonde o Mestre expirou
E a minha Virgem Mãe
Suas lágrimas derramou

É aonde está a força
É aonde está o poder
E é aonde os pecadores
Todos têm que vir gemer

Pai, Filho, Espírito Santo
Todos três em um só se encerra
Nós precisamos de paz
E não precisamos de guerra


90. A justiça está na terra

A justiça está na terra
Para todos observar
E quem vencer esta batalha
Junto com meu Pai vai brilhar

Eu vim para dizer
Eu não vim para enganar
Desta verdade do meu Pai
Não é para ninguém zombar

Meu Pai é tão formoso
E se compõe em seu lugar
Meu Pai não se orgulha
E muitos querem se julgar

Quando olharem para mim
Mudem de opinião
Se lembrem de Jesus Cristo
E do meu Senhor São João

São João e Jesus Cristo
Passaram morte cruel
Jesus Filho de Maria
E eu sou filho de Isabel

O que eu pedir a meu Pai
Com amor Ele me dá
Eu faço o mundo escurecer
E faço tudo balançar


91. No Sol, na Lua, na Terra, no Mar

No Sol, na Lua
Na Terra, no Mar
Procurei esta verdade
E eu sei aonde está

No Sol, na Lua
Na Terra, no Mar
Esta verdade é pura
Estou aqui para apresentar

No Sol, na Lua
Na Terra, no Mar
Quem quiser que procure
E veja o Mestre aonde está

No Sol, na Lua
Na Terra, no Mar
Desceu nesta verdade
Deus do Céu para ensinar

No Sol, na Lua
Na Terra, no Mar
Eu chamo as Estrelas
E todas vêm me acompanhar


92. Eu vim para dizer

Eu vim para dizer
Eu não vim para enganar
Eu peço aos meus irmãos
Que se componham em seu lugar

É no Sol e na Lua
Que devemos acreditar
Não é falar da verdade
Para depois ir chorar

Eu peço aos meus irmãos
Para todos me ouvir
A estrada está aberta
Para todos nós seguir


93. É Pedindo e É Rogando

É pedindo e é rogando
Que podemos alcançar
Não é falar um do outro
Querendo caluniar

Me apresento a meu Pai
E minha história eu sei contar
Peço que todos se unam
E aprendam a respeitar

É no céu e na terra
E é beirando a beira mar
O meu encontro com Jesus
Só eu sei destrinchar

Foi aí neste dia
E foi nas águas de Jordão
Que ambos foram batizados
E começou sua missão


94. Judaci

Judaci, Judaci
Judaci eu chamei aqui
Judaci era tão bravo
E hoje está juntinho a mim

Judaci, Judaci
Vamos mudar de opinião
Vejas que eu não engano
E vim cumprir minha missão

Judaci, Judaci
Para me chamar de irmão
Vejas que meu Pai é limpo
E é quem pode dar o perdão


95. Eu já disse e vou dizer

Eu já disse e vou dizer
Para todos meus irmãos
Que esta glória e este poder
Quem me deu foi Juramidam

Meu Pai está comigo
Todos podem acreditar
E Esta glória Ele me deu
só Ele pode tomar

Meu Pai é Prata Fina
Eu sei aonde Ele está
Quem quiser que duvide
Desta verdade não vá zombar

São João e meu Jesus
Nasceram para sofrer
O mistério da cruz
Está na fogueira para todos ver

Quem o matou está contente
Pensando que não vai sofrer
O sangue do meu Mestre
Tem punição para todos ver


96. Oh minha Virgem Mãe

Oh minha Virgem Mãe
Sois Mãe do Redentor
Peço que vós me ilumine
Os vossos filhos de amor

Meu Mestre é quem me guia
É quem me dá este primor
Podes caçar direitinho
Aonde Ele está, eu estou

Eu digo é porque sei
Perante este poder
Quem não se preparou
Esteja pronto para sofrer

Ninguém queira ser grande
A grandeza Deus é quem tem
Venerando é meu Mestre
Tanto amo e quero bem


97. Dem Dum

Dem dum, dem dum
Dem dum, dem dum

Deus sabe o que está fazendo
Sentado no seu lugar
As doze horas do dia
Nós precisamos rezar

Pai nosso que estais no céu
Recebemos com alegria
Nosso Pai e nossa Mãe
A sempre Virgem Maria

O poder de Deus é grande
Seja feita a vossa vontade
É quem nos dá o perdão
E é a nossa majestada

Todo mundo pede a Deus
Mas não sabem se explicar
Guardai-me, defendei-me
Livrai-me de todo mal


98. Esta casa é da verdade

Esta casa é da verdade
E a verdade aqui está
Quem não tiver verdade
Vai se retirar

Quem vos quer eu não convido
Todos podem acreditar
Esta verdade é pura
Deus do Céu veio ensinar

A verdade está comigo
Não tenham medo de errar
Eu peço aos meus irmãos
Para todos se humilhar

Eu vivo neste mundo
Cumprindo a minha missão
Dando glória a Deus
É o meu Juramidam


99. Tenho gosto e tenho prazer

Tenho gosto e tenho prazer
Nesta grande verdade
Dando glória a meu Pai
É a minha Majestade

Não sou grande, sou pequeno
Porque assim meu Pai quer
Eu aqui dou os ensinos
De Jesus de Nazaré

Jesus Cristo é meu irmão
Desde o dia que nasceu
Agora chegou o tempo
De eu punir por São Irineu

Pai, Filho e Espírito Santo
Quem vos fala aqui não erra
Meu Pai me dá a força
E minha Mãe domina a terra


100. Sou Luz

Sou luz, dou luz
E faço tudo iluminar
Vejo meu Pai nas alturas
E o Poder aonde está

A força está comigo
Falo perante o Poder
Faço o que Tu me pedes
Eu quero ver estremecer

O amor eterno
Gravei no coração
De Vós eu recebo os ensinos
Para explandir para os meus irmãos

Assim é que meu Pai quer
Perante este Poder
Não fazem o que Ele pede
E todos querem merecer


101. Tão Bonito É Meu Pai

Tão bonito é meu Pai
É meu Mestre ensinador
Vamos receber a glória
Do nosso Mestre curador

A força do meu Pai
Quem duvida é o pecador
Não se lembram do que fizeram
Assassinaram o Salvador

Levaram Ele para a frente
Sem ter dó, sem ter amor
Procurando os seus discípulos
E Todos se afugentou

Aqui eu vim lembrar
Tudo o que já se passou
Peço que ninguém se esqueça
Do nosso Mestre zelador


102. Aqui eu vim lembrar

Aqui eu vim lembrar
Aqui eu vou dizer
O povo estão enganados
Eu vou esclarecer

Aqui neste salão
É preciso alegria
Para receber o perdão
Da Sempre Virgem Maria

Pai Nosso que estais no céu
Pronto aqui estou
Para receber o perdão
Do nosso Pai Criador

Esta é a doçura
Vamos todos se humilhar
Para receber a glória
Que Deus tem para nos dar


103. Meu Pai tem todo valor

Meu Pai, Ele tem todo valor
Eu digo é porque Ele me mostrou
Sou filho e não posso negar
Lá no céu é onde está todo primor

Jesus Cristo é quem tem todo primor
Lá no céu e aqui na terra aonde estou
Eu peço licença pra dizer
Deus do Céu só veio à terra pra sofrer

Quando os judeus foram encontrar com Jesus
Os seus discípulos fugiram pra não ver
Aqui eu vou declarar
Hoje se escondem para o Daime não tomar


104. Meus irmãos e minhas irmãs

Meus irmãos e minhas irmãs
Façam o favor de ir se desenrolando
Sou pequeno e tenho palavra
Minha verdade eu estou mostrando

Sou pequeno, estou olhando
Estou dizendo e ninguém está ligando
Esta verdade é pura
Deus do Céu é quem está mandando

Meus irmãos e minhas irmãs
Eu peço para ir se acordando
Meus irmãos eu não engano
E vejam o que está se passando

O Mestre vem, o Mestre vai
Eu estou firme, não saio do lugar
Sou a sala e sou o trono
Para o meu Mestre conversar


105. Aqui Eu Vou Expor

Aqui eu vou expor
Eu vim para lembrar
O mistério da oração
Não é somente rezar

É rezar e por em prática
E entrar em comunhão
Se lembrar de Jesus Cristo
E esquecer a ilusão

A minha Mãe sempre me olha
E meu Pai comigo está
Me entrega estes ensinos
Para aqui eu explicar

Cada um cuida de si
Eu também cuido de mim
Vou zelando esta estrada
Estou fazendo o meu jardim

O que é do meu Pai é meu
O que é dele eu posso usar
Só não uso o que é dos outros
Que pode me derribar


106. Eu peço aos meus irmãos

Eu peço aos meus irmãos
Para nenhum se enganar
Quem manda é Deus do Céu
E toda vida há de mandar

Eu peço aos meus irmãos
Para cada um cuidar de si
Deixar a vida dos outros
Que o Mestre não ensina assim

Eu bem venho avisando
Mas levam como quer
E não estão lembrados
Do dilúvio de Noé


107. Eu vim e fui chamado

Eu vim e fui chamado
A meu Mestre acompanhei
Vim dar a Santa Doutrina
Só a meu Mestre amarei

Eu amo e sou amado
Perante a Santa Luz
Meu Mestre está comigo
Eu apresento Jesus

Meu Mestre é Jesus
Quem quiser pode duvidar
Deixou a sua Doutrina
Para quem quiser escutar

Eu digo é porque sei
Sou das terras do Jordão
Amei e fui amado
Meu sangue ficou no chão

Eu chamo para seguir
Mas só enxergam a ilusão
O tempo não engana
E vão ficar na escuridão

O Mestre ensinou
Mas bem pouco está ligando
É aqui que eu emprego
A Chave do Desengano

Quem vier contra mim
Se apronte para sofrer
Tenho por mim a Rainha
Meu Mestre para me defender

O Mestre está ensinando
Mas não sabem compreender
Aqui quem não é de nada
É só quem mais quer ser

Eu aviso com o tempo
Para meus irmãos se arrependerem
Para quando estiver sofrendo
Não dizer que vai morrer

É se acordar com tempo
E sair da ilusão
Saber quem está ensinando
É o Velho Juramidam


108. Eu Vou Rezar

Eu vou rezar
Que é para todo mundo ver
Pai nosso que estis no céu
Vós queira me defender

Pão nosso
De cada dia
Jesus no alto da cruz
Sofreu toda agonia

Eu pedi
E meu Pai me deu
Para eu nunca me esquecer
De São Irineu

A cruz
Ele sempre consagrou
No céu e na terra
Aqui está o meu amor

Amei
E bem soube amar
Meu Mestre me chamou
Eu vim lhe acompanhar

Jesus
Ele tem todo amor
É aqui que ele está
E é aqui que eu estou

Esta mensagem
Ele mandou explandir
Quem não quiser escutar
Faça favor ouvir

Meu Mestre
Ele não se esconde
Eu sempre estou atento
Com o Santíssimo Sacramento

Não digas
Que o Mestre não tem saber
Ele bem ensinou
E você não quis aprender

Agora
É que eu quero ver
É andar direitinho
Sob pena de sofrer


109. Aqui está meu Pai

Aqui está meu Pai
Aqui está meu irmão
É Deus que veio do céu
Para ensinar todos os cristÃos

A verdade está comigo
Na palma da minha mão
Eu peço por caridade
Que não comparem com ilusão

O Mestre que me ensina
É quem tem todo amor
É filho da Virgem Mãe
É Jesus Cristo Redentor


110. A todos eu quero esclarecer

Eu digo para meus irmãos
A todos eu quero esclarecer
Sou filho desta verdade
Meu Pai tem amor, meu Pai tem poder

Sou filho do Grande Rei
Meu Pai é o Imperador
Para se viver nesta casa
É preciso firmeza e ter muito amor

Jesus Cristo dá valor à sua Mãe
Eu também dou valor à minha
São João é filho de Isabel
E Jesus Cristo é filho de Maria


111. Relento

O Mestre se ausentou
Se corpo está no relento
Está no meu coração
E não me sai do pensamento

Eu ia de viagem
Vi uma estrela brilhar
Ali estava a minha Mãe
Ela foi quem mandou entrar

Quando eu entrei
Eu quis me admirar
Meu corpo esmoreceu
Eu comecei logo a chorar

No pé do Cruzeiro
Cinco livros estavam abertos
Meu Jesus estava na Cruz
Oh meu Divino Pai Eterno

Eu digo para os meus irmãos
Que quiserem acreditar
A estrada está aberta
Para todos viajar

Eu peço aos meus irmãos
Vamos pisar firmes no chão
Rogar ao Pai Eterno
Que é o dono da sessão


112. Rei dos Reis

Quando eu cheguei nesta casa
O meu Mestre eu encontrei
A verdade não se nega
O Mestre é o Rei dos Reis

O povo estão rebeldes
Que não querem se humilhar
Peço força e me dê força
Para eu poder dominar

Eu vivo neste mundo
Cumprindo a minha missão
Eu vivo é com meu Pai
Estou juntinho aos meus irmãos

Para estar junto a meu Pai
É preciso se limpar
É trabalhar forçosamente
Que é para um dia lá chegar


113. Amo a meu Pai

Eu amo a meu Pai
Eu amo aos meus irmãos
Eu sempre me componho
E não dou alteração

Meu Mestre está comigo
É preciso apreciar
Muitos não se conhecem
Ainda querem se orgulhar

Eu chamo atenção
Para os meus irmãos vir ver
Meu Mestre me dá força
Meu Mestre tem poder


114. Rainha da Formosura

Olho para o firmamento
Vejo meu Pai nas alturas
Junto está minha Mãe
Rainha da Formosura

Eu vim para dizer
E eu não vou enganar
Os inimigos de outrora
Se aprontem para apanhar

Meu Mestre está comigo
Ele está a me ensinar
Ele aponta lá está um
Eu vou logo lhe olhar

Nos tempos passados
Todos estavam a gargalhar
Para pagar o que devem
Todos vêm se envergonhar

Meu Mestre está comigo
Bem juntinho aonde estou
Estou firme e eu não saio
Do lugar que me deixou


115. Deus É Para Todos

Eu vim para lembrar
Eu tenho que dizer
Deus é para todos
Não se pode escolher

Do que vive o Eterno
É do Vosso grande amor
E da onde vem a luz
É do nosso Salvador

Meu Pai e minha Mãe
Todo mundo vê
Vêem mas não sabem
Ficam por saber


116. Eu vim justificar

Meus irmãos estou aqui
Eu vim justificar
É lembrança do passado
E todos têm que se lembrar

O Divino Pai Eterno
A sua rosa Ele entregou
Mas não ligastes importância
E por isso ela murchou

A rosa que Ele me deu
Cresceu e já brotou
Que eu não aguoo com água
Eu aguoo é com amor

O meu Pai é muito bom
Deixa fazer o que tu queres
Mas depois de muito tempo
Vais receber o que não queres


117. Minha Senhora Mãe

Oh minha Senhora Mãe
Oh minha Mãe verdadeira
Vós como Mãe Soberana
Vós sois minha Padroeira

Eu digo aos meus irmãos
Mas não querem acreditar
Dou viva a meu Pai verdadeiro
Dou viva porque posso dar

Meu Pai é o Rei do mundo
Só Ele pode mandar
Não conhecem os filhos de Deus
E deles fazem é zombar

Eu sempre zelo o meu Mestre
Zelo e devo zelar
Todos que fizerem assim
Junto com meu Mestre está

Não é viver tão sozinho
E dizer o Mestre está a seu lado
Se vivem é zombando do tempo
Depois estará atropelado


118. Para Estar Junto A Este Cruzeiro

Para estar junto a este cruzeiro
É mudar de opinião
Quem ama a Jesus Cristo
Não fala do seu irmão

O Mestre está aqui
Ele fala bem baixinho
Ensina a quem procura
Deixando quem não quer seguir

Aqui estou dizendo
Para os meus irmãos ouvir
Quem for filho vem chegando
E quem não for vai escapulir

Não adianta ser grande
Sem possuir nobreza
Meu Pai e minha Mãe
Nos mostra a sua beleza


119. Justiceiro

Sou filho e tenho verdade
Eu sou o filho de Deus
Tenho minhas armas na mão
Eu sou o Justiceiro

Eu fui o primeiro
Fiz minha estrada de amor
O Mestre por derradeiro
Tudo Ele consagrou

Consagramos o amor
Fizemos a divisão
O sangue que meu Pai nos deu
Derramamos no chão

Agora foi ao contrário
O Mestre veio e ensinou
Fizeram foi zombaria
Meu Mestre aqui estou

Assim é que querem ganhar
Com orgulho e estupidez
Apresentem sua verdade
A meu Pai de Nobreza

Aqui eu também fui zombado
Dentro deste salão
Eu faço dos meus inimigos
Cordas do meu coração

Há tempos eu venho avisando
Mas não prestam atenção
Meus irmãos o tempo é este
Para pedir o perdão

Todos estão esquecidos
Não lembram do meu irmão
É glória e o poder
Do meu Senhor São João

Estou alegre e satisfeito
Na estrada do amor
As Estrelas já estão chegando
Mas ainda não se acordou

Acordem meus irmãos
Peguem a sua direção
Eu peço a Deus do Céu
Que apresente o Rei Salomão

Minha estrada está aberta
Quem fez foi o meu Padrinho
E eu vou seguindo por ela
Até eu chegar no fim

Aqui eu vou rezar
Fazer a minha descrição
Pai Nosso que estais no céu
Jesus Cristo é o nosso irmão

Escute o que eu vou dizer
Prestem bem atenção
Mês irmãos o tempo é este
Precisamos de união

Agora eu vou terminar
Prestando bem atenção
Lembrando os que estão esquecidos
Da linda Preleção


120. Pretensioso

Eu digo aos meus irmãos
O que for pretensioso
Que disser que é meu Mestre
Ele é cego e mentiroso

Meu Mestre Ele é Rei
Nunca lhe falta verdade
Trabalha no mundo inteiro
E não engana a humanidade

Eu peço aos meus irmãos
Que se componham em seu lugar
Que o trono do meu Mestre
É difícil de tomar

Meu Mestre, estou aqui
Sempre te peço a pureza
Para trabalhar com perfeição
E te amar com firmeza

Meu Mestre é Jesus
E eu tenho que afirmar
Se acaso aparecer outro
Ninguém deve acreditar


121. Vem

Vem, vem, vem aí vem

Vou contar a minha história
Como foi que se passou
O mundo de ilusão
Uma vez se acabou

Vem, vem, vem aí vem

Gosto de confessar
Alegre e satisfeito
Vejo tanta maldade
Ainda querem ser direito

Vem, vem, vem aí vem

Todos podem se alegrar
Com a linda preleção
Jesus Cristo é o nosso Pai
E a Virgem é nossa Mãe

Vem, vem, vem aí vem

Pergunto aos meus irmãos
Para onde é que vai
Falando um do outro
Está fora do meu Pai

Vem, vem, vem aí vem

Todos se aprontando
Para o Mestre receber
Quando chegar no salão
Não queiram esmorecer

Vem, vem, vem aí vem

Este Salão Dourado
É do nosso Pai Verdadeiro
Vamos todos se alegrar
Que todos nós somos herdeiros


122. Tu promete ser fiel

Tu promete ser fiel
Aí aonde está
Daqui estou te ajudando
E tu tens que triunfar

Anda direitinho
Repara o que está fazendo
Que os grandes faladores
Agora que estão te vendo

Aí todos me viram
Mas não ligaram importância
Agora estão sofrendo
Estão entrando na trança

Não sabem quem é Deus
E não têm coração
Falam do mundo inteiro
Falam até do meu irmão

Graças eu te dou
Graças vou te dar
Dou graça à Virgem Mãe
Jesus vem me ajudar


123. Eu Invoco Meu Mestre

Eu invoco o meu Mestre
Quando me acho doente
Recebo a minha saúde
É de Deus Onipotente

Levanto a minha bandeira
Mostrando o meu valor
Andando por minha estrada
Por onde o Mestre andou

Quem quiser pode correr
Mas eu vim testemunhar
Me chamam de mentiroso
Mas meu Pai e minha Mãe lá está

Sou filho da verdade
Mas não querem me escutar
O mundo de ilusão
Como é que vai ficar


124. O livro está aberto

Meus irmãos o livro está aberto
É para todos lerem
Lendo é que se aprende
E aprendendo para se ver

A Justiça de Deus é reta
Não deixa passar nada
Fazendo as suas continhas
E multiplicando ainda sai errado

Eu vivo na Santa Luz
Eu vivo com meu Padrinho
Eu vivendo com Ele
Nunca me acho sozinho

Quem quiser seguir com Deus
Mude de opinião
Corrigindo os seus defeitos
E principalmente a ilusão

Corrigindo os seus defeitos
Não devendo a ninguém
É limpo de coração
Este abraça a Juramidam

Examine a consciência
Para ver se este certo ou não
Que a Justiça de Deus é reta
Não aumenta um ‘Jota'
Se corrijam meus irmãos


125. Cheguei

Cheguei, cheguei
Cheguei onde eu queria
No vosso trono com vosso amor
E a Sempre Virgem Maria

Eu peço, eu peço
Peço em nome de Jesus
E os que forem desobedientes
Vós apresente a sua luz

Eu peço, eu peço
Peço ao Onipotente
Os vossos filhos estão rebeldes
O quê que Vós faz com essa gente

Meu Pai, meu Pai
Nas alturas onde estás
Nos daí conforto, nos daí saúde
Para podermos trabalhar


126. Eu fiz uma viagem

Eu fiz uma viagem
Para ver como é que está
Encontrei tudo fechado
Quase não pude passar

Fui chegando e fui falando
Mandaram eu me corrigir
Para contar a certeza
Do que está havendo aqui

O Mestre não está satisfeito
Com esta união
Vendo todos na maldade
Iludidos com a ilusão

Eu conversando com o Mestre
Ele disse para mim
Quero ver quem está comigo
É nesta ocasião assim

Esta história que está havendo
Para mim ela está nula
É igualmente a viagem
Dos homens que foram à Lua


127. Assim eu quero ser

Assim eu quero ser
Assim eu quero estar
Assim eu me apresento
Para minha história contar

A verdade não se nega
A verdade não se esconde
Que a verdade é Deus
E Deus é o verdadeiro homem

Se a verdade é Deus
Eu não posso negar
Jesus é minha luz
Para eu poder viajar


128. Peço que vós me clareie

Peço que vós me clareie
Peço que vós me sustente
Peço que vós me ensine
Para eu ensinar esta gente

Eu peço, eu peço, eu peço
Eu peço aos meus irmãos
Que amem a Jesus Cristo
E se esquecem da ilusão

São João veio ao mundo
Veio fazer o caminho
De Deus e da Virgem Mãe
Vão ficar bem pertinho

É a voz do deserto
É o pregador
No Rio de Jordão
Batizou os pecadores

No Rio de Jordão
Ele se batizou
São as três pessoas
Do nosso Pai Criador

Ele pregou a verdade
De Cristo Nosso senhor
Não ligaram importância
E vejam como eu sou

É a voz de Deus
É a Santa Luz
É a voz da Virgem Mãe
É a clareza da luz


129. Os filhos procuram o Pai

Eu chamo os meus irmãos
Para tirar do engano
Os filhos procuram o Pai
Os enteados ficam reclamando

Eu sou filho da terra
O Sol está me alumiando
A Lua é quem me guia
Só nela estou enxergando

O gosto é de cada um
Quem tem boca diz o que quer
Eu amo ao meu Jesus
E o Patriarca São José

Eu chamo os meus irmãos
Com todos eu quero falar
Sou filho da verdade
A todos eu quero apresentar

O mundo é sempre assim
Todos querem ser bonzinhos
Nunca aceitaram a verdade
E toda vida foram contra mim

Eu vivo neste mundo
Lembrando do que foi passado
São João tiraram-lhe a cabeça
E meu Jesus foi crucificado


130. Aqui Eu Recebi

Aqui eu recebi
Para mim distribuir
É o Santo Daime
Para com meu Pai seguir

Se meus irmãos soubessem
O que é que vem fazer
Saíam bem limpinho
Pois o meu Pai tem poder

Este é o poder
Esta é a verdade
Quem não ama com firmeza
Sempre carrega a maldade

Eu gosto de dizer
Também gosto de mostrar
Tá... tum
Veja aonde está

Quem não souber o que é
Puxe pela consciência
Quem ama com lealdade
Sempre rende obediência


131. Eu não amo a coisa à-toa

Eu peço aos meus irmãos
e minhas irmãs
Que deixem de tormenta
Se arrependam dos seus pecados
E não me forcem a consciência

Eu digo e torno a dizer
Eu não amo coisa à-toa
Eu amo a meu Pai do Céu
É quem me traz as coisas boas

Deus no Céu e Deus na Terra
Ele é meu protetor
É este o caminho
Por onde o Mestre andou

É um, é dois
É por aí que eu vou
E a nossa Virgem Mãe
Foi quem nos acompanhou


132. Eu Chamei Meu Mestre

Eu chamei meu Mestre
Em nome da verdade
Que a verdade é Deus
O rei da caridade

Eu peço a meu Mestre
De todo meu coração
Meu Mestre tenha piedade
Abra nossa sessão

Assim está acontecendo
Deixa ficar como está
Que é para conhecerem
Saberem me respeitar

Já disse e torno a dizer
Não querem acreditar
Levanto a minha sessão
Para o reino celestial

Meus irmãos vamos orar
Rogar e vamos pedir
Para levarmos esta verdade
Que o Mestre deixou aqui

Todos querem ser feliz
Cada um só quer pra si
Dizendo que estão comigo
Estão longe de mim

Eu não deixei assim
Deixei foi para ajuntar
Não fizeram como eu disse
Fizeram foi espalhar


133. Chamei o Mestre Juramidam

Chamei o Mestre Juramidam
Para o meu Mestre vir cá
Com sua força divina
Para vir me libertar

Dai-me força, dai-me amor
Para eu poder dominar
Meu Mestre em sua corte, em seu trono divinal
Tudo tem, tudo dá, com sua luz de cristal

Sou pequeno, sou pequeno
É a quem eu devo pedir
Todos têm, todos têm
Todos têm, podem seguir

Aqui eu vou declarar
A quem o Mestre entregou
Quem ama e sabe amar
Segue na estrada do amor

Meu Mestre me declare
Como é que vai ficar
Preste atenção no que eu já disse
Quem vencer é que vai brilhar


134. Cuidado No Julgamento

Eu chamo os meus irmãos
Para justificar
Cuidado no julgamento
Para ser julgado e ficar em seu lugar

Não fale de coisas sérias
Não sejas blasfemador
Dizendo que estão com Cristo
Estão longe do Salvador

Eu amo a meu Pai
Aqui eu vou chamar
Quem ama coisa à-toa
Perante a verdade vem se envergonhar

Não quero mal a ninguém
A todos eu tenho amor
Eu amo a Jesus Cristo
O nosso Mestre Imperador


135. Divina Estrela

Divina Estrela
Eu devo amar
Eu devo amar
Eu devo ter amor

Divina Estrela
É o nosso Pai
É o nosso Mestre
Jesus Cristo Salvador

Divina Estrela
Que aqui está
Eu devo amar
Eu devo ter amor

Divina Estrela
É o nosso Pai
É o nosso Mestre
Jesus Cristo Salvador

Divina Estrela
Que aqui está
Para julgar
Eu devo ter amor

Divina Estrela
É o nosso Pai
É o nosso Mestre
Jesus Cristo Salvador

Divina Estrela
Eu te peço perdão
Para ser perdoado
E também perdoar

Divina Estrela
É o nosso Pai
É o nosso Mestre
Que vem subjugar

Divina Estrela
Quando vier
Todo mundo quer
Como é que vai ficar

Divina Estrela
É o nosso Pai
É o nosso Mestre
Que vem separar

Divina Estrela
Que aqui vem
Eu devo amar
Eu devo querer bem

Divina Estrela
É o nosso Pai
É a nossa Mãe
Essa nos convém

Divina Estrela
Que vens a mim
Eu devo amar
Eu devo ter amor

Divina Estrela
Tu sois Suprema
Todo mundo geme
Pra deixar de ser ruim


136. Pensar em Deus do Céu

Eu vou dizer uma coisa
Para os meus irmãos ouvir
É pensar em Deus do Céu
Até na hora de dormir

Deus em minha cabeça
Deus está dentro de mim
Deus em minha costa
Deus na frente é o meu caminho

Penso no que é bom
E sempre vivo com alegria
Penso em Deus do Céu
E na Sempre Virgem Maria

Eu vivo com amor
E sempre estou com a verdade
Que a verdade é Deus
O Rei da Eternidade

Deus do Céu é a verdade
Deus do Céu é a justiça
Deus do Céu é o grande amor
Da Santíssima Mãe Puríssima


137. A Estrela do Oriente

A Estrela do Oriente
Foi Deus quem me mostrou
Eu estou de pé firmado
Aqui aonde estou

A Estrela do Oriente
Os três Reis acompanhou
É o meu Mestre Império
Foi Ele quem me entregou

O meu Mestre me disse
Querem tirar meu valor
Mas a verdade divina
Poucos foi que acompanhou


138. Bendita é

Bendita é
A estrela que nos guia
É tão bonito
O amanhecer do dia

É tão bonita
E é gloriosa
É tão bonito
O esplendor daquela rosa

Bendita é
A estrela que nos guia
É tão bonito
O amanhecer do dia

É tão bonita
E dá seu resplendor
Louvado seja
Jesus Cristo Salvador


139. Não Creia nos Mestres que te Aparecem

Não creia nos mestres que te aparecem
E nem com eles no caminho queira andar
Creia somente em seu Jesus
Que é Ele é quem tem para te dar

Meu Mestre aqui a vós eu peço
Para Vós me guiar
Me guie no caminho da santa luz
Não deixa ninguém me atacar

Segue sempre o teu caminho
Deixa quem quiser falar
Recebe a tua luz de cristal
Te firma e te compõe em teu lugar

Recebe todos que chegar
Faz o que eu te mandar
Não deixa fazer o que eles querem
Espera atá o dia que eu chegar


140. Falar que está com Deus

Eu sou filho de Deus
Sempre vivo no meu canto
Encostado a esta verdade
Do Divino Espírito Santo

Quem disser que tem verdade
Se componha em seu lugar
Espera a chamada divina
Para ir se apresentar

Falar que está com Deus
É muito fácil de dizer
Mas cumprir seu mandamento
Aí é que eu quero ver

O amor sem firmeza
É um fogo sem calor
É um pensamento fraco
E é um corpo sem valor


141. Vou ligar meu pensamento

Vou ligar o meu pensamento
Só aonde eu devo ligar
No Sol, na Lua, nas Estrelas
Na Floresta, na Terra e no Mar

Esta estrada que estou andando
É a mesma que o Mestre andou
É a estrada de Jesus Cristo
Onde nós afirmamos o amor

O amor eterno é tão puro
Que nem todos podem falar
É quem nos leva nas alturas
Para nos purificar

O amor eterno de Deus
Vive nas matas sombrias
É uma luz maravilhosa
Que alumia aqui todo dia


142. Símbolo da Verdade

O Símbolo da Verdade
É preciso se consagrar
Receber com firmeza
O que o nosso Pai nos dá

O Símbolo da Verdade
Que o meu Pai me entregou
O Símbolo da Verdade
Sempre consagra o amor

O Símbolo da Verdade
Ele nos traz harmonia
Repare o que está faltando
Para você e sua família

O Símbolo da Verdade
Vou dizer para os meus irmãos
O Símbolo da Verdade
Precisa de união

O Símbolo da Verdade
Sempre nos traz alegria
Olhe bem para sua casa
Veja o símbolo da Virgem Maria

A imagem de Deus é grande
Dá para todo mundo ver
Depende é de trabalhar
Para poder entender

Se preocupe consigo mesmo
E não repare para mim
Não me incomodo com ninguém
Vou seguindo o meu caminho

O Símbolo da Verdade
É preciso eu dizer
É um Deus Poderoso
Ele é quem vem nos colher


143. Eu Te Dei Uma Casa

Eu peço a meu Pai
Sei que Vós tem o poder
Perdoai as minhas culpas
Se de Vós eu merecer

Eu te dei uma casa
Que não falta ninguém
Para tu escolher
Aqueles que te convém

A estrada eu dou a todos
Para todos viajar
Ver e compreender
E ficar em seu lugar

Eu estou com Deus
Deus está em mim
Eu estando com Deus
Deus é o meu caminho

Deus é a glória
Deus a glória é
Quem é meu Salvador
É Jesus de Nazaré

Eu vivo neste mundo
Na minha direção
Olhando as coisas de Deus
E prestando bem atenção


144. São João na Terra

Quando ouvir falar
De São João na terra
É sinal de guerra
Em todo lugar

É fora
De confusão
Chegou São Pedro
Com seus dois irmãos

Os anjinhos do céu
É quem vem colher
Para ajuntar
Em um só lugar

Louvar
A meu Pai Eterno
Feliz daquele
Que bem trabalhar


145. Peço que Vós Me Ouça

Meu Pai peço que Vós me ouça
Para eu pedir o perdão
Eu peço não só para mim
Para mim e os meus irmãos

Meu Pai quando for perdoar
Perdoa como lhe convém
Eu peço que vós nos perdoe
Como perdoou em Belém

A barca que corre no mar
Corre no meu coração
Aquele que aqui batiza
Batizou no rio de Jordão


146. Aqui estou sofrendo

Meu Mestre
Aqui estou sofrendo
Mas eu estou sabendo
Qual é a minha dor

Meu Mestre
Em ti estou seguro
Porque sois tão puro
E é o meu amor

Eu peço
A todos meus irmãos
Que tenham compaixão
E zelem este amor

Meu Mestre
Ele é Jesus
O dono desta luz
E foi quem consagrou

Eu peço
E eu vou pedir
Para andar direitinho
E ter este vigor

Meu Mestre
Eu estou aqui
Se andar direitinho
Deus abençoou

Meu Mestre
Que está nas alturas
Vendo as amarguras
Que aparecem aqui

Meu Mestre
Eu não sou culpado
Estou a seu lado
Estou zelando aqui

Meu Mestre
Que está aqui
Está lá no céu
Olhando para mim

Meu Mestre
Ele não se esquece
Só dá a quem merece
Aqui neste jardim


147. O Amor

O amor é para ser distribuído
E não amor fingido
Porque ele causa dor

O amor é o campo da formosura
Onde está minha imagem pura
Deus foi quem criou

O amor é o trono da verdade
Onde está a majestade
Cristo Nosso Senhor

O amor deve ser bem profundo
Mas não é em todo mundo
É para quem acreditou

O amor é o trono de harmonia
Aonde eu descanso
E rezo todo dia

O amor é da Sempre Virgem Maria
Jesus Cristo Salvador
Ele é quem nos guia

148. Meu Pai daqui estou te vendo

Meu Pai daqui estou te vendo
Mas não reconhecendo
Porque
não dou o seu valor
Se desse é só quem me conhece
Sabe aonde estou

Meu Mestre os homens da verdade
Que não faz caridade
Querem renunciar
Se esquecem que só dou a quem merece
E se componham em seu lugar

Meu Pai em ti eu me seguro
Por mais um ser puro
Que saí para ir buscar
Presentes e mais presentes
Eu tenho para te dar

Meu Pai, eu não sei o que fazer
Para te agradecer
É preciso trabalhar
O amor com todo seu valor
É quem vem triunfar


149. Meu Pai eu quero teu amor

Meu Pai eu quero teu amor
Segura bem a minha mão
A meu Pai eu peço conforto
Para mim e todos meus irmãos

O tempo corre, a hora se passa
Todos dormem, não querem acordar
É bom que assim aconteça
Para ouvir e saberem respeitar


150. Meu Pai é um só

Meu Pai é um só
Minha Mãe não desmerece
Minha mãe me dá frio
O sol sempre me aquece

Se não existisse o sol
O que era da terá
O sol é quem me dá luz
E ilumina toda terra

O sol é um bom guia
Para quem quer aprender
Ouvindo o que ele diz
Todos têm que vencer


151. Eu vou dizer

Eu vou dizer
Para os meus irmãos
A vida aqui
É de ilusão

Eu vou dizer
Para quem quer me ouvir
Chegou o tempo
Para quem quer seguir

Eu vou dizer
Para quem quer escutar
A vida aqui
É para aproveitar

Minhas palavras
Elas não têm lidas
A morte do corpo
É a ponta da língua

Eu estou dizendo
Para os meus irmãos
O meu amor
Vem do coração


152. Eu Não Sou Deus

Eu não sou Deus
Mas tenho uma esperança
Eu não sou Deus
Mas sou sua semelhança

Deus é fogo,
Deus é água, Deus é tudo
Eu convido os meus irmãos
pra começar nossos estudos

Eu não sou Deus
Mas tenho uma esperança
Eu não sou Deus
Mas sou sua semelhança

Deus no céu,
Deus na terra, Deus no mar
Eu convido os meus irmãos
Para ficar em seu lugar

153. Eu digo a meu Pai

Eu digo a meu Pai, eu digo
Eu vivo no mundo de ilusão
Eu falo e sempre venho dizendo
Este povo precisa de união

Eu peço a meu Pai, eu peço
Eu peço e quero perceber
Eu participo aos meus irmãos
Nova Jerusalém está perto de nascer

Eu peço a meu Pai, eu peço
Eu peço e quero te ouvir
Mas as palavras que eu tenho que dizer
Há muito tempo eu deixei com você

Eu falo, eu canto, eu digo
A meu Mestre eu quero escutar
Peço que participe aos meus irmãos
Chegou o tempo de eu executar


154. Ai meu Deus

Ai meu Deus, ai meu Deus
Meu Deus aonde estou?
Ai meu Deus, ai meu Deus
Eu sou um Beija-flor

Ai meu Deus, ai meu Deus
Meu Deus aonde está?
Ai meu Deus, ai meu Deus
Na terra e beira-mar

Ai meu Deus, ai meu Deus
Meu Deus de caridade
Ai meu Deus, ai meu Deus
Me dê a claridade

Ai meu Deus, ai meu Deus
Meu Deus da Floresta
Ai meu Deus, ai meu Deus
Aqui ninguém conversa

Ai meu Deus, ai meu Deus
Meu Deus do amor
Ai meu Deus, ai meu Deus
Termino em Beija-flor


155. Meu Pai é a Chave de Harmonia

Meu Pai é a Chave de Harmonia
Escute o que eu vou lhe dizer
Meu Pai é quem me dá todo conforto
Levanta quem está morto
Eu peço pra viver

Meu Pai, eu quero teu amor
Meu Pai, eu quero teu saber
Não há nada encoberto
Que não seja descoberto
Basta eu querer


156. Pergunto aos meus irmãos

Pergunto aos meus irmãos
O que foi que aconteceu
Eu emprego o meu amor
Conforme meu Pai me deu

Peço a meu Pai
De todo meu coração
Me dê paz, me dê saúde
Para mim e os meus irmãos

Pergunto aos meus irmãos
O que foi que aconteceu
Eu emprego o meu amor
Conforme meu Pai me deu

Peço a meu Pai
Que me dê a Santa Luz
Pelo Mistério da Cruz
Foi aí onde morreu

Pergunto aos meus irmãos
O que foi que aconteceu
Eu emprego o meu amor
Conforme meu Pai me deu

Estela Dalva
Estrela Matutina
Eu sigo nesta estrada
E vós é quem me ensina

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário